Empresa envíos InPost
ENVIOS EMPRESAS
Descubra todas as facilidades e possibilidades do envio ao NÃO domicílio e faça o seu negócio chegar muuuito longe. .

Share

O que é a logística?

Share

É possível ouvir o termo “logística” usado com muita frequência, nos dias de hoje. E no entanto, é um conceito tão abrangente que é possível não ter, ainda assim, a certeza absoluta do que significa.

Por outro lado, para gestores, empresários e outras pessoas que lidam com a logística diariamente, é útil ter uma visão de conjunto sobre tudo o que esta envolve, e pensar nos seus elementos básicos pode deixar-nos mais cientes de problemas, novas possibilidades e áreas de potencial melhoria.

Neste artigo, vamos explorar o conceito de logística, conforme este se aplica ao mundo empresarial, nos seus aspetos mais essenciais.

Definição e objetivos da logística

A forma mais fácil de definir logística é como o processo de transporte e armazenagem de bens em toda a sua dimensão. Mais que um processo, pois, é um conjunto complexo de processos, que vai desde o transporte da matéria-prima até à entrega do produto acabado ao cliente, e mesmo depois.

Uma boa gestão da logística procura assim garantir que os produtos chegam ao seu destino final ou provisório com rapidez e em boas condições e que são armazenados da melhor forma.

Para qualquer negócio, e ainda mais para empresas de vendas online, a logística deve ser considerada uma consideração fundamental no que toca a controlar custos, melhorar a eficiência e aumentar a qualidade do serviço. De facto, os estudos mostram que a logística faz uma diferença gigantesca para a satisfação do cliente.

A logística é um dos sectores comerciais mais dinâmicos e importantes do mundo. As transformações são contínuas, e assistem-se atualmente a grandes desenvolvimentos possibilitados pelas novas tecnologias. Neste artigo, por exemplo, abordamos o modo como as novas tecnologias estão a revolucionar os armazéns modernos.

Os “7 Cês”

Popularizou-se na logística uma lista que resume em 7 pontos fundamentais os objetivos últimos a não perder nunca de vista. Esta é a famosa lista dos “sete cês”:

  • Entregar o produto certo
  • Na quantidade certa
  • No prazo certo
  • Nas condições certas
  • No lugar certo
  • Ao cliente certo
  • E ao custo certo

Funções da logística

Este é um esquema possível de atividades fundamentais envolvidas no processo logístico:

  • O transporte, que pode incluir qualquer meio, marítimo, rodoviário, ferroviário ou aéreo.
  • Gestão de armazém, como o aproveitamento do espaço, a organização e o manuseamento físico do inventário.
  • Embalamento e acondicionamento dos produtos, quer para armazenagem, quer para envio.
  • A gestão de inventário, que envolve garantir que o stock em armazém é suficiente para atender aos pedidos, sem ser excessivo.
  • O processamento de encomendas, que é tudo o que diz respeito à seleção e envio dos produtos para atender aos pedidos recebidos.
  • Monitorização, que é a recolha e análise de dados para permitir o planeamento e uma gestão adequada de todo o processo.

Cada uma destas atividades, para além de não ser estanque, pode envolver uma miríade de subatividades. Por exemplo, a gestão do transporte envolve tipicamente documentação, coordenação com fornecedores, etc. Pode incluir a negociação com parceiros logísticos, a otimização de rotas ou a gestão da frota automóvel, caso a empresa possua uma.

É fácil de ver como os processos logísticos são necessários em diferentes etapas. Podem aplicar-se, por exemplo, ao abastecimento de matérias-primas às fábricas, a transferências de stock internas ou à última milha, entre muitos outros contextos. A expressão “última milha” refere-se à distribuição capilar, a última fase da entrega da encomenda ao cliente final.

É também frequente ouvir-se falar atualmente em “logística inversa”. Este conceito abrange o fluxo de produtos na direção do fornecedor ou produtor, para fins de reparação, substituição ou devolução. Esta ênfase tornou-se pertinente devido ao enorme aumento do número de devoluções de encomendas, fenómeno indissociável do comércio online.

Desafios

Um dos desafios fundamentais da logística atual diz respeito às questões ambientais. O transporte de bens tem um impacto muito direto nas emissões de CO2 geradas pela economia. E o aumento do comércio através da internet, baseado na entrega de encomendas, criou uma situação que atinge proporções preocupantes, uma vez que implica uma grande intensificação da distribuição capilar.

Outros desafios são produzidos pela natureza competitiva dos mercados atuais. As exigências a nível do cumprimento de prazos, da entrega da mercadoria em boas condições, de preços, da qualidade do serviço em geral, obrigam as empresas a procurar constantemente melhorar a sua eficiência e a sua oferta.

Estas dificuldades e estes novos contextos criam também novas possibilidades. É aqui que se enquadra a atuação da InPost. A nossa estratégia de entrega ao NÃO domicílio tem-se tornado cada vez mais popular e obtido grandes sucessos, sendo não só de enorme benefício a nível ambiental, como uma resposta à necessidade de agilidade e comodidade. Visite o nosso website e descubra mais sobre o que a InPost pode oferecer-lhe.

Te recomendamos

CATEGORÍAS

NOVEDADES